Projeto Jovem Safa

PROJETO: JOVEM SAFA

projeto jovem safa

Motivação:

  • O secularismo segue avançando, mas o homem de hoje está necessitado de espiritualidade e transcendência (PVI).
  • Este espaço nos oferece a oportunidade de compreender e viver melhor o carisma para levar a cabo a nova evangelização a que estamos chamados (cf PVI).
  • Aceitar e acolher o diferente com um olhar de fé, assumindo as novas realidades da sociedade que nos desafiam e humanizam (PVI).
  • Animar-nos a passar do fechamento sobre nós mesmos à compreensão dos outros, e do medo e desconfiança para com o desconhecido ao cultivo da fraternidade evangélica (PVI).

Objetivo Geral

  • Oferecer aos nossos jovens um espaço de convivência e formação integral a fim de que possam cultivar sua fé e seus valores. Promover experiências de aprofundamento da fé, de encontros comunitários e assumir compromissos que levem a uma inserção responsável na comunidade cristã e no mundo.

Objetivos específicos

  • Oferecer um espaço de encontro, convivência, lazer, diálogo para os jovens do nosso Colégio;
  • Animar, oferecer ferramentas e sustentar os jovens na sua caminhada de formação humana e cristã;
  • Auxiliar os jovens no seu autoconhecimento e o conhecimento do outro;
  • Levar os jovens a um sábio confronto com o mundo onde estão inseridos que os provocam e desafiam e oferecer possibilidades de transformação dessas realidades mediante trabalhos voluntários;
  • Capacitar e desenvolver nos jovens as competências e habilidades para que possam assumir funções de liderança. Hoje, mais do que em outros tempos, sentimos a falta de lideranças em nossa comunidade e sociedade:
  • Propiciar reflexões sobre a nossa espiritualidade carismática que emana da Sagrada Família e do Irmão Gabriel Taborin;
  • Ajudar o jovem a cultivar sua vida de oração pessoal e comunitária em meio a este ambiente conturbado que ele vive.

 

Formação

A formação integral, educação na fé, é um processo que se desenvolve através da formação na ação. A própria ação deve criar a necessidade da busca de conteúdo formativo. Deve estar aberta as várias dimensões que dizem respeito a pessoa:

A dimensão afetiva,

ajudar a ser pessoa;

  • Autoconhecimento
  • Eu sou assim (qualidades, limitações), como me vejo
  • Autoestima (reconciliar-me comigo mesmo)
  • Mudanças que estão acontecendo em mim
  • Sexualidade
  • Namoro / relacionamentos

 

A dimensão social;

integrar o jovem no grupo e na comunidade;

  • Educar na solidariedade e na justiça desde a sensibilização, propondo, de forma organizada e progressiva, experiências de aproximação “ao aflito” e às “periferias existenciais” (PVI).
  • Ser sensíveis à solidão na que vivem muitas pessoas: crianças, jovens, adultos e famílias de nossos âmbitos apostólicos que esperam uma atitude de escuta e uma palavra de esperança (PVI).
  • Sentir-nos interpelados pelos que sofrem e os que vivem desesperançados. Estamos chamados a proporcionar-lhes uma atenção preferencial em nossas obras e missões (PVI).
  • Ações sociais e a prática do voluntariado.

A dimensão espiritual,

cultivar a espiritualidade e crescer na fé;

  • O que é crer? Dificuldades para crer hoje.
  • Meu creio pessoal, em que creio em que não creio...
  • Razões para crer.
  • Modelos e exemplos de crentes (do passado: Ir. Gabriel, .... do presente: .....)
  • (Fundador: modelo de crente em Jesus que origina uma espiritualidade própria)
  • Jesus modelo de pessoa: crente, orante, livre, solidário, coerente, com valores
  • Fé. Optar pela pessoa de Jesus e seu estilo de ser pessoa
  • Oração – Formas de oração
  • Leitura orante da Bíblia
  • Sentido da vida
  • A vida como vocação – Deus me chama para que me realize como pessoa ao estilo de Jesus – Minha resposta a esse dom de Deus.
  • ...........
  • A espiritualidade é o que nos anima e nos dá vida. É o sopro de Deus que age em nosso ser. Todos nós temos já pela escolha de Deus um espírito que nos anima. Essa espiritualidade necessita ser alimentada no dia-a-dia e no contato íntimo com Deus através da Palavra, que nos leva a se comprometer com o outro e a outra, com a comunidade e com a transformação de tudo que é contrário ao que Deus quer.

Por isso queremos viver a Espiritualidade Nazarena que é:

  • Cristocêntrica – centrada em Jesus, amigo e companheiro de caminhada. Onde encontramos também Maria e José que se comprometem com o Projeto de Deus e são exemplos de fidelidade, disponibilidade, entrega.
  • Encarnada e libertadora – O filho de Deus se encarna na realidade humana. Tem uma ligação de fé e vida. Tal presença ativa e efetiva lutando pela libertação nos convida também a lutar pela vida.
  • Com espírito de família no grupo queremos viver como família, partilhando nossas experiências e sonhos.

E ainda, que seja:

  • Missionária – a Igreja, através do Documento de Aparecida, nos convida a ser discípulos e missionários de Cristo, Caminho, Verdade e Vida.
  • Orante – que valoriza os momentos de oração pessoal e comunitária. A liturgia e as celebrações que expressam a espiritualidade que nos alimenta e anima.
  • Celebrativa – a alegria da manifesta-se na celebração da vida e do Espírito como festa inspirada na vitória pascal. A realização de encontros, festas, liturgia, caminhadas… são momentos de viver o Deus-felicidade que nos anima e revigora para a ação concreta.

A dimensão política,

desenvolver o senso crítico e ajudar a tornar-se sujeito transformador da história;

  • Sociedade civil e Estado
  • Economia e política
  • Diversidade e equidade de gênero
  • Análise de conjuntura
  • Principais concepções e atualidade
  • Novos sujeitos da atualidade
  • Sociedade e Ecologia
  • Subjetividade e historicidade
  • Ética e Política
  • Sociedade e interculturalidade
  • Ideologia e meios de comunicação
  • Elementos para uma leitura crítica de um texto
  • Escolha de um método que nos ajude a agir com segurança

A dimensão técnica,

capacitar para a liderança, planejamento e organização.

  • Passos de um encontro
  • Bases para a construção e organização de um grupo
  • Técnicas para desenvolver a liderança
  • Elementos para a elaboração do Projeto Pessoal de Vida
  • Método da Leitura orante da Bíblia.
  • .........

A dimensão carismática,

ajudar a viver a nossa vida inspirados na Sagrada Família e no Irmão Gabriel;

  • Venerável Irmão Gabriel Taborin, pessoa que nos inspira
  • Sagrada Família (modelos e protetores)
  • O espírito de família
  • Lema: Na oração, no amor e no trabalho: a Paz
  • Virtudes nazarenas (virtudes que constroem a unidade e que são frutos do espírito de família). 

A dimensão recreativa (lazer),

criar espaços para viver a alegria e a leveza da vida, necessárias ao crescimento;

  • Ver as possibilidades em cada lugar e opções de acordo com o número de participantes

Agentes

Equipe de Pastoral, os próprios jovens no exercício de suas lideranças e o acompanhamento dos Irmãos (onde estão presentes).

Jovem SAFA

Juntos buscamos caminhos,

Organizados queremos crescer,

Vamos, envolvidos na ação,

Estar atentos, o outro perceber,

Mudar o nosso coração!

Sabemos quem nos convida,

Aqui queremos nos apoiar,

Felizes estamos com a vida,

Alegres, a realidade transformar.

 

webgiz webmail fabe Facebook bolsa positivo irmao gabriel conheca projeto jovem safa