17.08.2020 - A importância de se manter atualizado em relação aos impactos ambientais

 

As provas de vestibulares atuais prezam pelo conhecimento escolar do aluno, mas também pela capacidade que ele tem de se manter atualizado e de poder argumentar sobre assuntos que estão em voga no Brasil e no mundo. 

Por isso, é preciso que o jovem reserve, diariamente, um tempo para se atualizar, além de conversar com amigos e professores sobre o tema. Afinal, não basta saber o que está acontecendo de relevante no mundo, é necessário entender as causas da situação e como esse problema impacta a vida das pessoas.

O excesso de  queimadas na Amazônia está sendo alvo dos noticiários nos últimos dias. A Amazônia Legal — que é composta pela totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do estado do Maranhão — registrou 4.596 focos ativos de incêndio em junho, número próximo ao apresentado para o mesmo mês no ano passado (4.838) que já era superior às contagens dos últimos cinco anos.(Fonte G1.com 01/07/20).

Isso impacta à uma extensão territorial muito maior que a chamada Amazônia legal. São notados efeitos destes incêndios no centro do país bem como na região sudeste que já foi atingida por chuvas que continham fuligens das queimadas oriundas destas queimadas, além disso temos a influência na frequência das chuvas, dentre outros problemas que são decorrentes do problema do desmatamento e consequentemente dos focos de incêndio.

Esses assuntos impactam o mundo, e desta forma são questões recorrentes nos vestibulares e Enem, visto que para a resolução dessas exigem uma análise  crítica desses pontos, sendo assim é de extrema importância que o aluno do Ensino Médio, mantenha-se atualizado frente a estas notícias. Esses assuntos são tratados na disciplina de Química, onde busca -se fazer com que os educandos possam expor suas opiniões, fazendo com que estas sejam parte integrante de sua formação.

Mais comunicados

webgiz

webmail

fabe

Facebook

bolsa

sas

international school

irmao gabriel

conheca

projeto jovem safa