06.05.2019 - Aprendemos mais ao ensinar o outro: a vivência de metodologias ativas nas aulas de Biologia

A Pedagogia, a exemplo das demais áreas científicas, evolui e exige novas práticas ao longo do tempo. Contemporaneamente fala-se e pratica-se as metodologias ativas tendo-se ótimos resultados na direção da construção do conhecimento pelo aluno e não apenas a memorização. Assim sendo, são tácitas as ideias de William Glasser, primordialmente para a área dos negócios, na educação escolar. Segundo o autor, aprendemos 10% do que lemos, mas 95% do que ensinamos aos outros (veja-se a Pirâmide da Aprendizagem de Glasser nas imagens). Nesse sentido, nas aulas de Biologia do Ensino Médio, para melhor compreender e apreender o conteúdo de Genética (complexo e vasto), a Professora Renata Confortin utilizou-se dessa metodologia. Exercícios de nível fácil e intermediário foram propostos, e na sequência, os de nível avançado. Esses, contaram com a ajuda de colegas que obtiveram maior êxito nos primeiros para ensinarem os demais alunos da classe! A concentração, a motivação e a evolução da turma no conteúdo é uma prova que avançar com participação ativa dos alunos é o caminho.

Mais comunicados

webgiz webmail fabe Facebook bolsa sas irmao gabriel conheca projeto jovem safa